Conheça os principais modelos de motobombas e suas utilidades

Conheça os principais modelos de motobombas e suas utilidades

Há algumas situações que podem exigir a necessidade do uso de uma bomba d’água, como ao transportar água em grandes e pequenas quantidades, tanto para utilização em casa e em ambientes comerciais. Com isso, muitos se perguntam sobre quais são os modelos de motobombas e qual adotar.

Neste post, vamos mostrar quais são as opções disponíveis e ajudar você a descobrir qual é a aplicação ideal para cada uma. Confira!

Modelos de motobombas

Seja para abastecimento residencial, solução de alagamentos e inundações, irrigação de cultivo na agricultura e jardinagem, transporte de água ou secagem de estabelecimentos, há vários modelos de motobombas que podem ser usados. 

Conheça os principais:

Centrífuga

A Centrífuga é um dos modelos de motobombas usados para grande carregamento de água a curtas distâncias, uma vez que a pressão é baixa e a vazão é alta. É um tipo que também precisa de instalar a válvula de retenção para evitar que a água volte ao local.

O funcionamento desse equipamento não permite uma profundidade maior que oito metros, sendo a ferramenta mais usada para casos de bombear líquidos no saneamento básico, bem como para irrigação de plantações, uso residencial e industrial. Além disso, é um modelo que pode ser usado em regiões secas, ou seja, acima do solo.

Autoescorvante

Esse modelo funciona com base na força centrífuga e seu modo de operação é via processo de escorvamento. Então, a bomba autoescorvante permite a sucção da água ainda que haja ar dentro da tubulação, pois seu funcionamento possibilita a eliminação automática do ar de dentro da bomba e da tubulação de sucção.

Trata-se de um processo que não exige o uso de válvula de fundo de poço. Além disso, é um modelo que tem alta capacidade para transferir grandes volumes de água e possui excelente pressão. Vale mencionar também que o custo de manutenção desse tipo de bomba é menor e sua durabilidade é grande.

Motor 2 ou 4 tempos

Além de conhecer os modelos de motobombas, também é preciso saber a diferença entre os motores. 

Por exemplo, se o equipamento trabalha com 4 tempos, o motor possui maior potência, ou seja, está apto a serviços mais pesados. Já o de 2 tempos é usado para serviços mais simples, mas o motor é mais rápido e pode sofrer inclinações sem causar interrupções. Além disso, ele aceita a mistura de gasolina e óleo.

Dicas para o momento da compra

Para uma escolha mais assertiva, você precisa considerar o diâmetro e a profundidade do poço ou reservatório, assim como a vazão com que esse espaço irá receber a bomba, potência da bomba e capacidade de bombear.
Por fim, agora que você já sabe quais são os principais modelos de motobombas, conheça a linha de motobombas da Tekna. Que tal buscar o representante da Tekna mais próximo de você?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba nossas
novidades!

CONFIRMAR

Categorias

Linhas

Motor

Bateria

Potência

Cilindrada