Como fazer a poda de árvores frutíferas?

Como fazer a poda de árvores frutíferas?

A poda de árvores frutíferas é essencial para garantir que cresçam de maneira saudável e produzam bons frutos. Para isso, é necessário realizar a poda regularmente, pois ramos doentes e quebrados interferem no crescimento das plantas. 

Quer entender melhor as orientações para poda de árvores frutíferas? Aqui você confere dicas de como cuidar, qual a necessidade das podas, as diferenças para a evolução e a forma como a poda deve ser feita.

Qual a importância da poda de árvores frutíferas? 

A poda de árvores frutíferas tem como objetivo retirar partes específicas como folhas e galhos, para dessa forma estimular o crescimento saudável e melhorar a qualidade dos frutos. Além disso, a poda é capaz também de melhorar a ventilação interna e diminuir o surgimento de fungos e doenças.

Quais são os tipos de poda? 

  • Poda de formação: tem como objetivo facilitar o trabalho de colheita, pois consiste em deixar tronco e galhos com tamanhos adequados para este fim. Também permite uma ventilação e iluminação adequada para a árvore;
  • Poda de limpeza: esse é um tipo de poda mais branda que as demais e deve ser realizada anualmente para retirar galhos doentes ou que atrapalhem o trabalho de colheita;
  • Poda verde: pode ser realizada quando a árvore está no seu auge do crescimento e tem como objetivo tornar as folhas menos espessas para não prejudicar a safra.
  • Poda de frutificação: essa opção é ideal para melhorar a qualidade dos frutos e controlar a produção excessiva sem prejudicar a qualidade da safra. 

Como fazer a poda das árvores? 

Para realizar a poda de árvores frutíferas de maneira adequada é necessário seguir algumas orientações. Dessa forma, as plantas não serão prejudicadas por reduções inadequadas ou exageradas. 

Confira como fazer uma poda de maneira eficiente e sem prejudicar sua frutífera:

  • se atente ao período: a melhor época para a realização de podas é no outono e no inverno, pois o metabolismo da planta se torna mais lento nestes períodos do ano; 
  • use as ferramentas certas: utilizar as ferramentas adequadas é fundamental para garantir uma poda bem feita e cortes limpos e lisos. Para isso é recomendado o uso de serrote, tesoura de uma mão, tesourão de duas mãos, tesoura de colheita, raleio, entre outras opções;
  • remova galhos secos, doentes e quebrados: é importante remover os galhos secos, doentes e os pedaços quebrados, pois eles absorvem a água e os nutrientes dos galhos saudáveis, prejudicando o crescimento da árvore; 
  • tome cuidado para não cortar os galhos e troncos estruturais: observe bem os galhos da sua árvore antes de cortá-los e nunca corte os estruturais. Geralmente os galhos estruturais são mais grossos e de onde nascem os outros;
  • proteja contra fungos e doenças após a poda: após a poda é recomendado o uso de produtos à base de cal virgem ou cobre nas áreas cortadas para proteger contra fungos e doenças. 

Curtiu entender mais sobre o funcionamento da poda de árvores frutíferas? Se ainda tiver alguma dúvida sobre o tema, deixe abaixo nos comentários!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba nossas
novidades!

CONFIRMAR

Categorias

Linhas

Motor

Bateria

Potência

Cilindrada